Levantado alerta de tsunami após sismo de magnitude 7 na Indonésia

O serviço sismológico indonésio tinha alertado para o risco de ondas de até três metros de altura em várias áreas das ilhas de Java, Sumatra e Panaitan, pelo que foi pedido às populações dessas zonas que se desloquem para áreas mais seguras.

As autoridades indonésias levantaram o alerta de tsunami que tinham emitido após um sismo de magnitude 7 ao largo da ilha de Sumatra e Java.

O abalo ocorreu a uma profundidade de 59 quilómetros de profundidade, a cerca de 227 quilómetros da cidade de Teluk Betung.

Os edifícios de Jacarta abanaram com o sismo, mas não há ainda relatório de estragos ou vítimas.

O serviço sismológico indonésio, BMKG, alertou que um possível tsunami poderia produzir ondas de até três metros de altura em várias áreas das ilhas de Java, Sumatra e Panaitan, pelo que foi pedido às populações dessas zonas que se desloquem para áreas mais seguras.

Mas já cancelou o alerta.

A Indonésia fica no chamado Anel de Fogo do Pacífico, uma área de grande atividade sísmica e vulcânica com 127 vulcões ativos em que cerca de sete mil terremotos são registados anualmente, na sua maioria de magnitude moderada.

Em setembro de 2018, um terremoto de magnitude 7,5 sacudiu a ilha de Celebes e causou um tsunami que causou mais de duas mil mortes e 200 mil deslocados nas cidades de Palu e Donggala.

Mais Notícias