A filha da rainha Victoria que ficou a dever 300 cigarros numa tabacaria

Princesa Louise era uma fumadora inveterada, apesar de ter escondido o hábito da mãe. Quando morreu, aos 91 anos, deixou duas dívidas: a um médico e à tabacaria onde se abastecia de cigarros. 15 xelins nunca foram pagos

A quarta filha da rainha Victoria era uma artista talentosa - a escultura que fez da mãe permanece nos jardins do Palácio de Kensington - mas era também uma fumadora inveterada. Documentos da família real que foram agora tornados públicos mostram que a princesa morreu com uma dívida de 15 xelins a uma tabacaria de Londres. O valor pagaria 300 cigarros Players ou Woodbines, as marcas mais populares na altura - no entanto, os documentos não dizem qual deles a princesa fumava.

A princesa Louise morreu em 1939, aos 91 anos, sem pagar a conta na R Lewis Limited, uma tabacaria localizada perto do Palácio de Buckingham e do Palácio de St. James.

Os historiadores dizem que é "muito incomum" que documentos pessoais como estes sejam divulgados, mas a informação revela muito sobre o estilo de vida não convencional daquela que foi a quarta filha da rainha Victoria e do príncipe Albert, tia-bisavó da atual rainha de Inglaterra, Isabel II.

A biógrafa de Louise, Lucinda Hawksley, citada pela BBC, disse que a princesa era uma fumadora"inveterada", mas que mantinha o vício escondido uma vez que a rainha Victoria odiava o hábito. Só depois de o irmão, Eduardo VII, se ter tornado rei, em 1901, é que Louise começou a fumar os seus cigarros nas salas destinadas a fumadores nos palácios.

De acordo com o testamento da princesa, Louise deixou ainda uma dívida de 525 libras esterlinas referente a um pagamento que não feito ao médico australiano K Rodas Shaw, com consultório em Harley Street, Londres.

A princesa era conhecida por ser uma entusiasta de uma boa saúde e pelo seu amor ao exercício físico. Segundo a biógrafa da princesa, Louise estava determinada a manter um corpo esguio e os familiares comentavam a sua alimentação. "A princesa Alice, mãe do príncipe Philip, disse que já tinha estado num jantar com a princesa Louise onde ela comeu o total de quatro couves de Bruxelas", descreve Lucinda Hawksley,

Mais Notícias

Outras Notícias GMG