18 mulheres agredidas sexualmente em festival de música

Caso é semelhante ao que aconteceu na passagem de ano em Colónia. Suspeitos são refugiados do Paquistão

A polícia alemã deteve no sábado três requerentes de asilo do Paquistão por suspeita de agressão sexual a três mulheres num festival de música na cidade de Darmstadt, perto de Frankfurt. O caso faz lembrar aquele que aconteceu em Colónia, na noite de fim de ano.

Três mulheres queixaram-se à polícia imediatamente após o incidente, que se registou na noite de sábado, durante o festival Schlossgrabenfest. Na sequência da denúncia, as autoridades detiveram três suspeitos, com idades entre os 28 e os 31 anos, refugiados do Paquistão.

Na sequência da mediatização do caso, mais 15 mulheres apresentaram queixa por situações semelhantes: foram rodeadas por um grupo de homens com aparência do sul da Ásia e agredidas sexualmente.

O festival de música decorreu durante quatro dias, com cerca de 100 mil pessoas por dia.

Há duas semanas, duas jovens, com 17 e 18 anos, foram agredidas sexualmente por um grupo de 10 homens num outro festival em Berlim. Três adolescentes, com idades entre os 14 e os 17 anos, dois deles com ascendência turca, foram detidos.

Todos estes casos seguem-se à agressão sexual em massa que aconteceu na noite de passagem de ano em Colónia, quando mais de mil pessoas terão sido vítimas de ataques, com mais de 800 a terem apresentado queixa na polícia.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG