Liceu Francês Charles Lepierre recebe o Media Lab DN e proporciona aos alunos do 8º ano uma experiência única

Nesta terça e quarta-feira, três turmas do 8º ano do Liceu Francês Charles Lepierre, em Lisboa, fizeram primeiras páginas de um jornal, numa sessão orientada pelo "Media Lab DN na Escola e na Comunidade''. A sessão teve uma componente teórica lecionada pela formadora Mariana Amorim, que abordou a importância de estar bem informado e os riscos da desinformação, do clickbait e dos algoritmos. A estrutura da notícia e a escrita jornalística foram também temas abordados na formação.

Aos alunos foi lançado o desafio de adaptarem notícias reais para criarem numa capa de jornal e, após a exposição oral, passaram à escrita. Os estudantes das três turmas trabalharam em duplas e preencheram os elementos necessários a uma primeira página. O resultado final permitiu que os estudantes tivessem a possibilidade de ver uma primeira página de jornal da sua autoria. Jaime Cunha (aluno) garantiu que a experiência "pode ser um bom começo para quem quer ser no futuro jornalista". Já os seus colegas Maria Choy e Arthur Gein destacaram a dificuldade de trabalhar com um deadline e escrever com um limite de caracteres.

O Media Lab DN, enquanto projeto de literacia mediática, pretende também estabelecer uma ponte com os conteúdos abordados nas disciplinas escolares. A professora Àgnes Lacroix referiu, no final da sessão com a sua turma: "A nossa ligação com o Diário de Notícias já é antiga e a cada ano gostamos de participar na oficina. É uma maneira de entrar na sequência do trabalho jornalístico de uma forma muito mais vivida e muito mais alegre".

Para o aluno aluno Matias Moura, a sessão serviu para refletir sobre aborda a dificuldade que por vezes existe em estar bem informado devido à quantidade de informação disponível. Carlota Siqueira, participante na sessão, destacou que foi "uma experiência divertida" e que aprendeu "como formar um jornal e publicá-lo". O professor Jean-Luc Pauthier, que acompanhou uma das turmas, reforçou que "tocar a matéria da informação é uma coisa boa e também desenvolve capacidades linguísticas, o que é claramente benéfico". A professora Audrey Beaucourt focou a importância de os alunos contactarem com o jornal impresso e compreenderem o contexto digital das redes sociais.

O projeto de educação para os media promovido pelo Media Lab DN visa, através das suas iniciativas, sensibilizar os jovens para a importância da informação fidedigna, colocando-os na posição de jornalistas por um dia. Saiba como participar no site do projeto.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG