Visita do Papa em 1982

João Paulo II visitou Portugal pela primeira vez em 1982. O Papa polaco regressou ao país mais duas vezes, em 1991 e 2000. Fátima era objeto de especial devoção desde o atentado de 13 de maio de 1981

À chegada a Lisboa, ao início da tarde 12 de maio de 1982, o Papa declarou: "Estou em Portugal a realizar um sonho há muito acalentado, como homem da Igreja e desejoso de conhecer Fátima diretamente." Ora, a manchete do DN do dia seguinte foi mesmo "Estou a realizar um sonho", com um segundo título para a "Tentativa frustrada de agressão ao Papa". Chefe máximo da Igreja Católica desde 1978 como João Paulo II, o polaco Karol Wojtyla vinha a Portugal para agradecer a Nossa Senhora de Fátima o tê-lo salvado no atentado de 13 de maio de 1981 em Roma, obra do turco Ali Agca. Mas no seu primeiro dia de visita, quando chegou já de noite a Fátima, sofreu nova tentativa de assassínio, desta de vez do padre espanhol Juan Krohn. A partir daí a visita decorreu com toda a tranquilidade durante mais três dias. João Paulo II regressaria ainda a Portugal em 1991 e 2000. Foi o segundo Papa a visitar o país, depois de Paulo VI em 1967. Bento XVI esteve cá em 2010 e agora está prevista a vinda de Francisco em maio do próximo ano, para o centenário das aparições de Fátima.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG