Os títulos do DN desta sexta-feira

Conheça ao pormenor a primeira página do DN que encontra de manhã nas bancas.

Costa antecipa desconfinamento em dois dias. É esta a manchete do DN desta sexta-feira, com as medidas que o primeiro-ministro anunciou.

Restaurantes, cafés e pastelarias vão poder estar abertos até às 22h30 a partir de amanhã. Lojas e centros comerciais passam a ter dois horários: durante a semana fecham às 21h00 e aos fins de semana e feriados às 19h00. Sete concelhos e duas freguesias de Odemira falham passagem a esta quarta fase. Fronteiras com Espanha reabrem à meia-noite.

Grande destaque também nesta primeira página vai para a entrevista DN/TSF a António
Rios Amorim: "Teletrabalho deixa de fazer sentido. Deveria ser revertido com o fim do estado de emergência".

"O melhor que aconteceu a Portugal foi a crise de 2008-09, o país saiu mais forte", diz ainda o presidente da Corticeira Amorim, líder mundial na cortiça.

Outros títulos:

- Barómetro. Dois terços não confiam nos tribunais e nos juízes

- Lisboa. Estação Fluvial Sul e Sueste reabre 90 anos depois da inauguração

- Carminho. "Quando era nova não podia dizer que cantava fado, era logo posta de lado"

- EUA. Kamala Harris. A vice que se dizia ir ofuscar Biden mantém-se na sombra

- Estação chinesa. "Harmonia celeste" em órbita, corrida ao espaço em Terra

- Fórmula 1. A 100.ª pole e a vitória. Hamilton quer sair duplamente feliz de Portimão

Mais Notícias

Outras Notícias GMG