Mais antiga jornalista portuguesa recebe Medalha de Mérito

Aos 105 anos, Manuela de Azevedo, a primeira mulher a receber a carteira profissional de jornalista em Portugal, foi distinguida com a Medalha de Mérito Cultural nos Paços do Concelho, em Lisboa.

Manuela de Azevedo, a primeira mulher a receber a carteira profissional de jornalista, voltou a ser homenageada esta quinta-feira, desta vez com a entrega da Medalha de Mérito Cultural da Câmara Municipal de Lisboa, numa cerimónia que decorreu nos Paços do Concelho.

Manuela de Azevedo, que se reformou do jornalismo em 1996 - com 85 anos -, terminando a sua carreira no Diário de Notícias, já tinha sido distinguida há precisamente um mês, a 31 de agosto, data em que assinalou o seu 105.º aniversário. Nesse dia, a mais antiga mulher jornalista em Portugal foi condecorada no Sindicato dos Jornalistas com a Ordem da Instrução Pública pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que lhe cantou também os parabéns.

Na cerimónia desta quinta-feira, a vereadora da Cultura Catarina Vaz Pinto entregou a Medalha de Mérito Cultural a Manuela de Azevedo e a atriz Maria do Céu Guerra leu um poema da autoria da jornalista, retirado do livro Claridade.

Em 1995, a também escritora lisboeta - que se estreou como jornalista na redação do jornal República, em 1934, e que já lançou três livros lançados - já tinha sido agraciada com a Ordem de Mérito.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG