Jornalista do 'Washington Post' condenado à prisão no Irão

Jason Rezaian foi capturado há 15 meses e acusado de crimes de espionagem

O jornalista Jason Rezaian, do The Washington Post, acaba de ser condenado à prisão no Irão, confirmou um porta-voz judiciário, Gholamhossein Mohseni Ejei, numa conferência de imprensa em Teerão. "Servir uma pena de prisão faz parte da sentença de Jason Rezaian, mas não posso avançar detalhes", advertiu.

O julgamento teve início em outubro, altura em que os colegas, familiares e compatriotas do jornalista se uniram para criticar o governo iraniano e lançar uma petição, pedindo a sua libertação. Sobre este desfecho, o editor de assuntos internacionais da publicação norte-americana, Douglas Jehl, já se pronunciou: "O seu julgamento e sentença são uma vergonha. Ele deveria ser libertado imediatamente".

Rezaian, 39 anos, que possui nacionalidade iraniana e americana, foi capturado pelas forças iranianas em julho de 2014, sendo posteriormente acusado de espionagem e disseminação de "propaganda contra o governo".

Embora ainda não se saiba qual a extensão da pena, preveem os especialistas ouvidos pela imprensa internacional que vá de dez a 20 anos de prisão.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG