Dança do varão num mercado de Natal? Aconteceu em França

Famílias ficaram de queixo caído: em vez do Pai Natal, encontraram duas bailarinas vestidas

No passado sábado, realizou-se em Brest, França, mais um dos típicos mercados de Natal, tão comuns nesta altura festiva. Mas este mercado teve uma particularidade: contou com duas jovens, vestidas de "Mãe Natal", que ofereceram a quem passava uma performance de dança no varão, em poses sugestivas e muito pouco natalícias.

As imagens das duas mulheres começaram a ser partilhadas nas redes sociais pelos internautas furiosos, que não queriam acreditar que o município tinha decidido a entregar a animação do evento a tão arrojadas bailarinas, sobretudo quando circulavam no local famílias com muitas crianças desejosas de ver o Pai Natal.

Afinal, e segundo a imprensa local, a dança não fazia parte do programa. Thierry Baron, responsável pelo mercado, garantiu que as bailarinas não tinham sido contratadas e que poderá mesmo haver lugar a uma investigação, já que foram muitas as queixas que chegaram ao município, reclamando do espetáculo "inapropriado a crianças".

As duas bailarinas foram convidadas a deixar o local por agentes da segurança e uma das duas, professora de dança do varão, falou ao Huffington Post francês: "não estávamos lá para uma atuação, apenas para tirar fotos com algumas alunas. Queríamos aproveitar o mercado para tirar fotos bonitas. Mas as pessoas começaram a fotografar-nos e as imagens chegaram às redes sociais", explicou. "Fico desolada se chocámos alguns pais", disse ainda, garantindo que recebeu dezenas de insultos desde sábado e que não é a primeira vez que aproveita um mercado de Natal para fazer este tipo de sessão fotográfica. Já no que diz respeito à possibilidade de ser responsabilizada na justiça, respondeu apenas que não fez "nada de ilegal" para merecer qualquer processo judicial.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG