Conheça a primeira página do DN desta quarta-feira

Fique já por dentro dos principais temas do jornal que encontra de manhã nas bancas.

Julgamento do Caso Ihor. Diretor do SEF reconhece que havia armas não registadas. Botelho Miguel admite que os bastões, vistos na posse de vários inspetores, não estavam devidamente registados. Revela ainda que, da sua ordem para serem recolhidas todas estas armas, apenas lhe foram remetidas duas.

Esta a manchete do DN deste quarta-feira, que dá ainda conta do relatório da Amnistia Internacional, que é perentório: morte de ucraniano revelou "falhas na proteção de pessoas".

Destaque fotográfico vai para entrevista a Basílio Horta: "António Costa é um dos mais brilhantes táticos que conheci", afirma o presidente da câmara de Sintra, que faz ainda questão de salientar que a sua autarquia é a única "do país que faz um hospital"

Outra entrevista, a Martins da Cruz, em destaque nesta primeira página. A aposta de Espanha em África "não deixa de ser uma bofetada de luva branca" a Portugal.

Outros títulos:

- Covid. AstraZeneca. Costa admite novo "berbicacho". UE volta a analisar vacina.

- Feira da Ladra Já reabriu em Lisboa. "Esta é a mãe de todas as feiras"

- FMI. Portugal vai ser o mais rápido do euro a fazer desaparecer o défice

- Irão. Diplomacia atrás das cortinas para salvar o acordo nuclear iraniano

- Liga dos Campeões. Que azul brilhará mais em Sevilha, o dos 25 ou o dos 250 milhões de euros?

Mais Notícias

Outras Notícias GMG