A primeira página do DN desta quarta-feira

Veja em detalhe a capa do DN que encontra de manhã nas bancas.

Entrevista ao ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, faz a manchete do DN desta quarta-feira. São vários os assuntos abordados.

- Hungria. "Os requisitos de entrada na União Europeia não terminam quando se entrou, os critérios de entrada são também os de permanência".

- Bazuca. "Não vivemos numa economia soviética e o Estado não é dono das empresas, vai abrir concursos a que se candidatarão as privadas".

- Política. "A presidência portuguesa fez opções importantes. primeira, organizar a Cimeira com a Índia. Não é para substituir a China".

Uma entrevista que ganha particular relevância no dia em que termina a presidência portuguesa do Conselho da União Europeia.

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros destaca a Cimeira Social do Porto, os avanços nas relações com Índia, Estados Unidos e China, aos quais deixa uma mensagem: "Nós, que abrimos a nossa economia ao exterior, também gostamos de que as economias de países terceiros estejam abertas à iniciativa europeia." E não esquece os avisos a Budapeste, à qual lança farpas e pede mais Estado de direito.

Outro assunto de destaque é a detenção de Joe Berardo. Carlos Alexandre decide hoje futuro do comendador suspeito de burla, branqueamento e fraude fiscal.

Outros títulos:

- Restaurantes proibidos de usar pratos, talheres e copos de plástico a partir de amanhã

- Têxtil e vestuário admite vir a perder 56 mil empregos até final da década

- Autárquicas. Que "encontrão" o PSD tem de levar para Rui Rio "cair"?

- Hospital de São João com subida de 40% nas urgências covid

- Volta a França marcada por quedas. Ciclistas protestam contra a falta de segurança

Mais Notícias

Outras Notícias GMG