Regressa a fórmula original. Playboy volta a ter fotos de mulheres nuas

O veto às fotografias com nudez auto imposto pela revista norte-americana chegou ao fim

A revista Playboy vai voltar a ter nudez. Um ano depois, o veto às fotografias com nudez auto imposto pela Playboy norte-americana chegou ao fim. Os administradores da revista admitem, ter errado ao banir as fotos com modelos nuas e decidiram voltar à formula original...

"Sou o primeiro a admitir que a forma como a revista publicava o nu estava datada, mas remover por inteiro foi um equívoco. Nudez nunca foi o problema porque o nu não é um problema. Hoje vamos recuperar a nossa identidade e defender quem nós somos", justificou, no Twitter, Cooper Hefner, diretor da Playboy e filho do criador da revista, Hugh Hefner.

A primeira edição com o regresso da nudez será a revista de março/abril e aborda o tema na capa, com o título: "Nudez é normal".

O anúncio do fim das fotos de mulheres nuas na revista foi feito, em 2015, pelo então CEO da Playboy, Scott Flanders, sob o lema de um conteúdo mais acessível e intimista em vez de usar explorar as imagens.

Citado pelo Huffington Post, Cooper Hefner explicou que a nova Playboy "é um reflexo" de como a marca se pode ligar à geração dele e às gerações vindouras.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG