Pequenos repórteres criam primeira página

Os alunos do Jardim de Infância "O Pica-Pau" e do Centro de Atividades de Tempos Livres, ambos pertencentes ao Centro Paroquial Bem-Estar Social de Arrentela, protagonizaram a sessão desta quinta-feira, no Media Lab, demonstrando as suas habilidades para a criação de uma primeira página.

A comunicação é considerada uma das questões centrais do século XXI, sobretudo no âmbito das novas tecnologias. Rendidos à era digital, os jovens estiveram especialmente atentos às informações dadas sobre a evolução da comunicação e sobre os riscos associados à navegação na Internet.

Os mais pequenos revelaram grande interesse na atividade proposta, aceitando o desafio de compor a primeira página do seu jornal. "O trabalho que fizemos na Galeria é igual aos dos profissionais sérios", referiu João, de 9 anos.

Pé ante pé, os pequenos subiram as escadas do Diário de Notícias, em direção à redação do jornal. Palavras como "Fantástica", "Uau", "Diferente dos filmes", foram prenunciadas pelos pequenos jornalistas após terem conhecido o local onde se constroem diariamente notícias. "Ver os jornalistas a trabalhar ali, é diferente de os ver na televisão", referiu Rodrigo, de 8 anos.

Para Gorette André, auxiliar do Centro Paroquial e Centro de Atividades de Tempos Livres, o contacto dos mais novos com a realidade "permite-lhes aperceberem-se das coisas com outras perspetivas".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG