Sapadores Bombeiros de Lisboa vão ter mais 80 efetivos nas próximas semanas

O presidente da autarquia, Carlos Moedas, disse que ""o município irá, nas próximas semanas, contratar 80 novos efetivos para o Regimento, num esforço que se irá prosseguir no sentido do reforço das qualificações dos profissionais e das condições para o exercício das suas funções"

A Câmara Municipal de Lisboa vai contratar, nas próximas semanas, 80 novos efetivos para o Regimento de Sapadores Bombeiros (RSB), anunciou esta quinta-feira o presidente da autarquia, Carlos Moedas.

"O município irá, nas próximas semanas, contratar 80 novos efetivos para o Regimento (quase 10% da vossa corporação), num esforço que iremos prosseguir no sentido do reforço das qualificações destes profissionais e das condições para o exercício das suas funções", disse Carlos Moedas, durante a cerimónia do Dia da Unidade do RSB, em Lisboa.

Salientando que os recursos financeiros "não são ilimitados", Carlos Moedas (PSD) disse que a câmara está empenhada em ter mais quartéis na cidade, lembrando que em fevereiro foi lançada a obra do futuro Quartel de Comando e Formação do RSB em Chelas -- Marvila.

O autarca reconheceu também a necessidade da construção de um novo quartel do RSB na zona entre Alcântara e Cais do Sodré, além de esperar concretizar "profundas obras de requalificação e restruturação noutros quartéis do RSB, no âmbito do plano de investimento da autarquia".

O Regimento de Sapadores Bombeiros conta atualmente com 850 bombeiros.

Hoje, data em que se assinala o Dia da Unidade do Regimento de Sapadores Bombeiros, Moedas presidiu à cerimónia que assinalou o evento, juntamente com o comandante do RSB, Tiago Lopes.

Na Praça do Município, assistiu-se a uma homenagem aos mortos, à entrega de medalhas de Serviço Público, além da entrega de crachás de ouro aos efetivos com 35 ou mais anos de serviço, terminando com um desfile das forças em parada e de veículos operacionais.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG