Veneza adopta barco 'vaporetto' para vacinar idosos

Ideia é evitar que os maiores de 80 anos tenham que se deslocar ao centro histórico, mas também sensibilizar a população para a vacinação.

A cidade de Veneza adaptou um vaporetto, barco normalmente usado como transporte público, para se tornar num centro de vacinação contra a covid-19. A ideia é vacinar os idosos, com mais de 80 anos, das ilhas Vignole e Sant'Erasmo, sem que estes se desloquem ao centro histórico.

O vaporetto começará a ser usado esta segunda-feira, segundo a agência italiana Ansa.

A campanha tem também o objetivo de sensibilizar a população para a vacinação contra a covid-19.

Itália já vacinou mais de dez milhões de pessoas, dos quais 3,4 milhões já tomaram as duas doses.

Itália registou este domingo mais 18 025 casos e 326 mortes, tendo voltado a confinar durante o período da Páscoa para tentar travar a pandemia.

Desde o início da pandemia de covid-19 em Itália, em fevereiro de 2020, o país totaliza 111 030 mortes em 3 668 264 infeções e 2 988 199 doentes recuperados.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG