Revelados resultados promissores de tratamento contra a covid-19

Farmacêutica Roche e a empresa Regeneron indicam que o tratamento contra a covid-19, que combina os medicamentos casirivimab e imdevimab, reduz em 81% o risco de infeção sintomática da covid-19.

O laboratório norte-americano e a farmacêutica suíça Roche revelaram, esta segunda-feira, resultados promissores de testes clínicos de um tratamento experimental destinado a reduzir o risco de infeção por covid-19 em famílias onde uma pessoa está infetada com SARS-CoV-2.

Os ensaios de fase 3, que correspondem à fase mais avançada dos ensaios clínicos, realizados para avaliar a combinação dos medicamentos casirivimab e imdevimab, em famílias com uma pessoa infetada, atingiram os objetivos principais, informou o laboratório Regeneron, em comunicado.

Resultados "são muito encorajadores", diz investigador

Os resultados indicam que o tratamento reduz em 81% o risco de infeção sintomática entre os pacientes não infetados com o SARS-CoV-2 que participara no estudo.

Em relação às pessoas que desenvolveram sintomas de infeção por covid-19, após este tratamento os sintomas da doença desapareceram mais rapidamente, em média, duraram uma semana contra três semanas para os pacientes que receberam um placebo, explicou a farmacêutica Roche. Um estudo que envolveu 1505 pessoas.

Com 60 mil novos casos diários nos EUA, "este cocktail REGEN-COV pode ajudar a fornecer proteção imediata às pessoas não vacinadas que são expostas ao vírus", disse o chefe do departamento científico da Regeneron, George D. Yancopoulos.

Para Dan H. Barouch, MD, Ph.D., um dos investigadores principais do estudo e professor de medicina em Harvard Medical School, estes resultados "são muito encorajadores e sugerem que REGEN-COV é altamente eficaz na prevenção de covi-19 sintomático em contactos domiciliares de indivíduos infetados com SARS-CoV-2".

O regulador norte-americano, Food and Drug Administration (FDA) ainda não aprovou este cocktail, mas já deu luz verde a uma autorização de uso de emergência para o tratamento de pessoas com doença leve a moderada de covid-19

As duas empresas vão submeter os resultados dos testes o mais rápido possível às autoridades de saúde.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG