Quase 250 migrantes resgatados no Canal da Mancha

Cerca de 250 migrantes foram resgatados entre a noite de sexta-feira e o sábado, enquanto tentavam chegar à Inglaterra pelo Canal da Mancha, informaram as autoridades marítimas francesas.

Os 243 migrantes foram resgatados e levados para os portos de Boulogne-sur-Mer, Dunquerque e Calais, no norte da França, onde "foram colocados sob responsabilidade da polícia fronteiriça e do Serviço Departamental de Bombeiros e Salvamento", escreveu a Prefeitura Marítima do Canal da Mancha e do Mar do Norte (PREMAR) em comunicado.

Em entrevista à AFP na sexta-feira, o prefeito marítimo do Canal da Mancha e do Mar do Norte, disse que houve "uma nova aceleração" nas tentativas de travessia em novembro.

O número de tentativas para chegar ao Reino Unido usando esta rota, uma das mais movimentadas do mundo, já havia duplicado nos últimos três meses. Nos anos anteriores, o seu ritmo havia diminuído no outono.

A prefeitura marítima contabilizou 15.400 tentativas de travessia e 3.500 pessoas resgatadas nos primeiros oito meses do ano.

"Hoje, mais do que duplicámos esses números. Estamos em 31.500 migrantes que deixaram a costa e 7.800 migrantes que foram resgatados", relatou Philippe Dutrieux.

Em 2020, houve uma morte confirmada entre janeiro e agosto, contra sete este ano, acrescentou.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG