Pelo menos oito mortos em festival do rapper Travis Scott

Pelo menos oito pessoas morreram e várias ficaram feridas numa onda de multidão na sexta-feira no Festival Astroworld, em Houston, anunciaram hoje fontes oficiais no Texas.

O chefe dos bombeiros de Houston, Samuel Peña, disse em conferência de imprensa que a compressão da multidão em direção ao palco ocorreu enquanto o rapper Travis Scott atuava, por volta das 21h00 locais de sexta-feira (02h00 de sábado, em Lisboa), e o concerto foi cancelado.

"A multidão começou a comprimir-se em direção ao palco, e isso provocou algum pânico, e começou a causar alguns feridos", disse o chefe dos bombeiros. "As pessoas começaram a cair, a ficar inconscientes, e isso criou mais pânico".

Pelo menos 17 pessoas foram transportadas para o hospital, incluindo 11 que estavam em paragem cardíaca, disse Peña. Muitas pessoas foram também assistidas no local do Parque NRG, onde foi instalado um hospital de campanha.

Cerca de 50.000 pessoas estiveram presentes no festival, disse Peña.

O chefe dos bombeiros acrescentou desconhecerem-se as causas de morte das oito vítimas, que ainda não tinham sido identificadas.

Os funcionários instalaram um centro de reunificação num hotel para os familiares que não tinham conseguido contactar os familiares presentes no festival.

O Astroworld é um festival de música de dois dias organizado por Travis Scott que estava programado para se realizar sexta-feira e hoje em Houston.

O evento estava esgotado, de acordo com a página do Astroworld na internet.

Os promotores do evento tinham providenciado a presença de unidades médicas no festival, no entanto, mas ficaram "rapidamente sobrecarregadas", disse Peña.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG