Exclusivo O atoleiro afegão: de Gorbachev a Biden

Quando em 1989, ao fim de nove anos de guerra, as tropas soviéticas cruzaram a Ponte da Amizade que ligava o Afeganistão à URSS, a América rejubilou. Agora, são os EUA que retiram do país após 20 anos de conflito.

É tempo de pôr termo à mais longa guerra da América". Foi nestes termos que o presidente Joe Biden anunciou, há dias, a retirada das tropas americanas do Afeganistão, onde entraram há 20 anos, na sequência dos atentados do 11 de Setembro. Biden falava a partir da mesma sala da Casa Branca onde foram anunciados em 2001 os primeiros ataques aéreos contra o Afeganistão, era George W. Bush o presidente.

A retirada deverá estar consumada a 11 de setembro, data que ultrapassa em quatro meses o deadline anunciado ainda por Donald Trump, mas que assume a dimensão simbólica de coincidir com o 20.º aniversário dos atentados contra Nova Iorque e Washington.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG