Navalny transferido da prisão para local desconhecido

A revelação foi feita pela advogada do opositor do governo russo, liderado por Vladimir Putin.

O opositor russo Alexei Navalny foi transferido esta quinta-feira da prisão onde está encarcerado desde que foi detido quando regressou à Rússia, em meados de janeiro, para um local desconhecido, divulgou a advogada.

"Não disseram a ninguém para onde o transferiram", disse à agência noticiosa France-Presse (AFP), um dos advogados, Olga Mikhailova, sugerindo que Navalny, 44 anos, pode ter sido transferido para uma outra penitenciária para cumprir o resto da pena de dois anos e meio de prisão.

Na semana passada, a justiça russa confirmou a sentença do opositor num caso de fraude que data de 2014, decisão que Navalny, vários países ocidentais e inúmeras organizações não-governamentais denunciaram como "política".

Navalny foi detido a 17 de janeiro, depois de regressar da Alemanha, onde permaneceu durante quase cinco meses em convalescença para recuperar de um envenenamento, com o opositor a acusar o Kremlin.

Leonid Volkov, um colaborador próximo de Navalny, afirmou hoje através da rede social Twitter que a família do opositor russo não foi informada sobre o local para onde o transferiram.

"Recordo, mais uma vez, que, em virtude de uma decisão vinculativa do Tribunal Europeu dos Direitos do Homem, Alexeï Navalny deve ser imediatamente libertado", acrescentou.

A detenção do opositor desencadeou na Rússia uma série de manifestações, com as autoridades a responderem com a detenção de mais de 100.000 pessoas.

A maior parte dos colaboradores de Navalny continua detida.

Na semana passada, Navalny também foi multado por "difamação" um veterano da Segunda Guerra Mundial, enquanto aguarda pelo resultado de vários outros processos judiciais, incluindo uma investigação de fraude, punível com 10 anos de prisão.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG