Musk pergunta no Twitter se deve vender 10% das suas ações na Tesla

De acordo com a Bloomberg, Musk possuía, a 10 de junho, 17% das ações em circulação da Tesla, que atualmente valem 208,37 mil milhões de dólares.

Nova loucura ou pergunta real? Elon Musk questionou no sábado os seus 62 milhões de seguidores no Twitter se ele deve vender 10% das suas ações na Tesla, e assegurou que respeitará a decisão.

O excêntrico fundador da fabricante de veículos elétricos Tesla pareceu apontar para uma nova proposta dos democratas, que querem aumentar os impostos sobre os mais ricos taxando suas ações, que geralmente só são tributadas quando são vendidas.

"Fala-se muito ultimamente que lucros não realizados são um meio de evitar impostos, então proponho vender 10% de minhas ações da Tesla", escreveu Musk.

"Vocês concordam?", perguntou aos internautas, propondo votar "sim" ou "não". "Vou respeitar o resultado da sondagem, qualquer que seja a conclusão", acrescentou o bilionário.

Às 15h45 (hora de Lisboa), 57% das respostas inclinavam-se para o "sim" e 43% para o "não", numa altura em que já tinham votado 3 231 591 pessoas.

De acordo com a Bloomberg, Musk possuía, a 10 de junho, 17% das ações em circulação da Tesla, que atualmente valem 208,37 mil milhões de dólares. O empresário também recebeu um grande pacote de opções de ações e ações conversíveis como compensação.

Com suas participações em outras empresas - a Neuralink e, acima de tudo, a SpaceX -, Musk é em teoria o homem mais rico do mundo, com uma fortuna estimada pela Bloomberg em mais de 338 mil milhões de dólares.

"Lembrem-se de que não recebo salário em dinheiro ou bónus", destacou Musk no Twitter. "Só tenho ações, portanto, a única forma de pagar pessoalmente os impostos é vendendo ações", acrescentou.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG