Exclusivo Mudança na Casa Branca traz desafio no 5G - agora para Biden

Com a chegada de um novo ocupante à Casa Branca, a tecnologia chinesa será um dos temas quentes da agenda.

O extremar de posições escalou com Donald Trump na liderança da maior economia mundial: ao longo de quatro anos no poder, o presidente norte-americano levantou suspeitas sobre a segurança de equipamentos desenvolvidos por empresas como a Huawei ou a ZTE, nomeadamente na infraestrutura 5G, alegando a ligação das empresas ao governo chinês. A administração Trump elaborou uma lista negra de empresas e instituições chinesas para as quais está proibida a exportação de tecnologia norte-americana e ainda ameaçou excluir várias aplicações de solo norte-americano, como TikTok e WeChat .

A infraestrutura de 5G tem sido um dos pontos no centro da discórdia entre as duas maiores economias globais. As telecomunicações são consideradas como infraestruturas críticas e, com o 5G a possibilitar velocidades de ligação significativamente mais rápidas do que a atual ligação 4G, a discussão sobre a segurança das redes subiu de tom ao longo do mandato de Trump.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG