Morreu Manuel Saturnino da Costa, antigo primeiro-ministro da Guiné-Bissau

Tinha 78 anos e foi um dos comandantes durante a luta armada pela independência.

O antigo primeiro-ministro da Guiné-Bissau Manuel Saturnino da Costa morreu esta quarta-feira em Bissau, aos 78 anos, vítima de doença, disseram à Lusa fontes familiares.

Nascido em Bolama, no arquipélago dos Bijagós, Saturnino da Costa foi militante e dirigente do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), do qual foi um dos comandantes durante a luta armada pela independência.

Conhecido no país pelo nome de comandante Manuel Saturnino, o ex-militar e político incompatibilizou-se com a atual liderança do PAIGC, passando a ser conotado com o Movimento para a Alternância Democrática (Madem G-15), partido fundado por dissidentes do PAIGC.

Manuel Saturnino da Costa foi primeiro-ministro da Guiné-Bissau entre 26 de outubro de 1994 e 06 de junho de 1997, um dia antes de iniciar um conflito político-militar que duraria 11 meses, levando à deposição, pelos militares, do então Presidente guineense, João Bernardo 'Nino' Vieira.

Manuel Saturnino da Costa ocupou várias pastas ministeriais desde a independência da Guiné-Bissau, foi conselheiro de Estado e exerceu vários outros cargos do Estado guineense.

A família ainda não determinou a data do funeral.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG