Mau tempo no norte de França provoca desaparecimento de adolescente

Mergulhadores, drones com câmaras térmicas e equipas cinotécnicas estão mobilizadas para encontrar um rapaz de 17 a 18 anos de idade.

Uma tempestade "torrencial" atingiu Beauvais, no norte de França, na madrugada desta terça-feira, levando ao desaparecimento de um adolescente.

"Os danos que observámos são impressionantes. As comissões vão reunir-se nos próximos dias para o reconhecimento do estado de catástrofe natural", afirmou no local o ministro do Interior francês, Gerald Darmanin, antes de se encontrar com os comerciantes afetados pelas intempéries.

Contudo, a "situação está a normalizar-se", indicou a Câmara Municipal ao final da manhã, ao mesmo tempo que referiu que uma "grande vigilância" foi mantida, mas as precipitações devem continuar.

As buscas foram retomadas esta manhã nas periferias e no rio Thérain, um afluente do rio Oise que atravessa Beauvais, depois de terem sido interrompidas durante a noite devido ao estado do tempo, disse à agência France-Presse Luc Corack, responsável local dos bombeiros.

Os esforços concentram-se num raio de dois quilómetros do centro da cidade.

Os bombeiros foram alertados na noite de segunda-feira pelos serviços médicos de emergência, na sequência deu ma denúncia segundo a qual um jovem "de 17 a 18 anos" teria caído ao rio.

Darmanin admitiu que se "pode temer o pior", referindo-se ao resultado dessas buscas. "Mergulhadores, drones [aparelhos aéreos não-tripulados] com câmaras térmicas e equipas cinotécnicas foram mobilizados" para esse fim, segundo Luc Corack.

No total, os bombeiros receberam 2.200 chamadas para 845 intervenções.

Em poucas horas, caíram 41 milímetros de água, incluindo 16 milímetros em 10 minutos, segundo os bombeiros.

Os departamentos vizinhos do Oise também foram afetados, como o sul de Aisne e o centro da cidade de Reims, em Champagne, onde parques e jardins estiveram fechados até sexta-feira e onde o sindicato geral de viticultores está em processo de "avaliação dos danos" nas vinhas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG