Exclusivo Kamala Harris, a vice que se dizia ir ofuscar Biden mantém-se na sombra

A primeira mulher na vice-presidência está presente nos momentos de decisão, mas tem aproveitado os cem primeiros dias na Casa Branca para construir a relação com o presidente

O presidente norte-americano, Joe Biden, era o centro das atenções no primeiro discurso diante das duas câmaras do Congresso, mas o cenário atrás dele era histórico. Pela primeira vez, além de uma mulher líder da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, havia uma mulher vice-presidente, Kamala Harris. Algo que o próprio Biden reconheceu: "Senhora speaker. Senhora vice-presidente. Nunca um presidente disse estas palavras deste pódio e já era hora", afirmou no discurso, na véspera de fazer cem dias na Casa Branca.

Kamala Harris, de 56 anos, fez história como a primeira mulher, a primeira afro-americana e a primeira indiana, a ser eleita vice-presidente dos EUA. Antiga adversária de Biden na corrida à nomeação democrata, muitos acreditavam que com a sua ambição poderia roubar o estrelato ao presidente, o mais velho a chegar à Casa Branca, com 78 anos. O facto de o próprio Biden se apresentar, na campanha, como o candidato da "transição", fazia centrar as atenções já em Harris como candidata a presidente em 2024. Mas a vice não parece estar a pensar nisso, apresentando-se como a parceira ideal, presente nas reuniões chave e nos momentos de decisão, construindo a sua relação com Biden, sempre sem o ofuscar.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG