Derek Chauvin considerado culpado de todas as acusações no homicídio de George Floyd

Chauvin foi considerado culpado das três acusações: assassínio em segundo grau, punível com até 40 anos de prisão; homicídio em terceiro grau, com pena máxima de 25 anos, e homicídio em segundo grau, com pena de prisão de até 10 anos.

O ex-agente policial norte-americano Derek Chauvin foi esta terça-feira considerado culpado de todas as acusações no julgamento do homicídio do afro-americano George Floyd. O júri deliberou durante 10 horas ao longo de dois dias.

Derek Chauvin foi levado algemado sob custódia. A promotoria propôs a revogação da fiança de Derek Chauvin. O ex-polícia vai recorrer da sentença e pode pedir a anulação do julgamento.

A pena do ex-polícia de Mineápolis só será conhecida dentro de 8 semanas. depois da apreciação do juiz que presidiu ao julgamento.

Palmas e gritos

Cerca de uma centena de pessoas concentradas num cruzamento da cidade norte-americana de Minneapolis que recebeu o nome de George Floyd Square, receberam o veredicto de culpado do ex-polícia Derek Chauvin com palmas e gritos.

Várias famílias com crianças pequenas dirigiram-se ao local para ouvir o anúncio do tribunal.

Eliza Wesley, que se identificou como uma guardiã do portão de Floyd Square, pediu às pessoas ali reunidas para fazerem uma oração.

"Não duvido de Deus", afirmou, acrescentando que a espera pelo dia de hoje já dura há 11 meses.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG