Japão deteta mais de 90 casos de uma nova variante

"Pode ser mais contagiosa do que as variantes convencionais e, se continuar a propagar-se internamente, pode levar a um rápido aumento de casos", afirmou o porta-voz do governo nipónico.

As autoridades de saúde do Japão revelaram esta sexta-feira que foram identificados mais de 90 casos de uma nova variante do SARS-CoV-2, responsável pela covid-19, noticia a Reuters.

O porta-voz do governo, Katsunobu Kato, anunciou que esta variante, com a mutação E484K na proteína Spike do vírus, foi encontrada em 91 casos na área de Kanto, no leste do país, e em 2 casos em aeroportos.

"Pode ser mais contagiosa do que as variantes convencionais e, se continuar a propagar-se internamente, pode levar a um rápido aumento de casos", afirmou Kato.

O Instituto Nacional de Doenças Infecciosas do Japão acredita que a nova variante tenha origem no estrangeiro, mas revela ser diferente de outras que foram encontradas esporadicamente no país. Tem a mutação E484K na proteína Spike do vírus, que foi detetada em outras variantes.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Japão já notificou 151 casos das três variantes que foram identificadas no Reino Unido, África do Sul e Brasil.

Perante a situação epidemiológica, o governo japonês aumentou a vigilância às novas variantes do SARS-CoV-2, que podem ser mais resistentes à vacina, numa altura em que o país iniciou a campanha de vacinação quando faltam menos de seis meses para os jogos olímpicos, que foram adiados para este ano, devido à pandemia

Foi também identificado um novo surto num centro de imigração Tóquio, onde 44 pessoas testaram positivo ao novo coronavírus.

Desde o início da pandemia, as autoridades de saúde nipónicas confirmaram cerca de 400 mil casos de covid-19 e 7194 mortes.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG