Incêndio em instalações de petrolífera no sul do Líbano

Este incêndio ocorre mais de um ano depois de um outro fogo no porto de Beirute que desencadeou uma forte explosão que matou pelo menos 215 pessoas.

Um incêndio de grandes proporções deflagrou nas instalações de uma petrolífera na vila costeira de Zahrani, no sul do Líbano, informaram esta segunda-feira os meios de comunicação locais, desconhecendo-se a causa do fogo.

A Agência Nacional de Notícias adiantou que não havia trabalhadores por perto quando o incêndio começou num gigante tanque de gasolina na vila costeira de Zahrani.

O incêndio está perto de uma das principais estações de energia do Líbano, que parou de funcionar há dois dias devido à falta de combustível.

O Líbano está a lutar contra uma grave crise de energia, tendo estado a eletricidade a ser cortada até 22 horas por dia.

A zona da petrolífera Zahrani, a cerca de 50 quilómetros a sul de Beirute, está coberta por fumo negro.

As autoridades bloquearam a principal estrada que liga Beirute ao sul do Líbano, que passa por Zahrani.

Este incêndio ocorre mais de um ano depois de um outro fogo no porto de Beirute que desencadeou uma forte explosão que matou pelo menos 215 pessoas, causou milhares de feridos e destruiu as instalações e bairros próximos.

A explosão no porto de Beirute foi causada por centenas de toneladas de nitrato de amónio, um material altamente explosivo usado em fertilizantes, que tinha sido armazenado incorretamente durante anos.

No ano passado, uma empresa alemã encontrou material nuclear perigoso armazenado nas instalações de Zahrani. Oito pequenos recipientes que pesam menos de dois quilos contendo sais de urânio empobrecido, que foram removidos depois.

O material está armazenado nas instalações desde a década de 1950, quando era operado pela Mediterranean Refinery Company, ou Medreco.

A Medreco, uma empresa americana cujos principais acionistas eram a Mobil e a Caltex, esteve no Líbano durante quatro décadas, até o final dos anos 1980.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG