Guterres vence prémio Zayed e doa dinheiro ao Alto Comissariado para os Refugiados

O prémio Zayed para a Fraternidade Humana, que será entregue esta quinta-feira, distingue também a ativista franco-marroquina Latifa bin Ziaten.

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, é um dos vencedores deste ano do prémio Zayed para a Fraternidade Humana. O galardão, que será entregue hoje, distingue também a ativista franco-marroquina Latifah bin Ziaten.

"A minha gratidão ao Alto Comité da Fraternidade Humana por este reconhecimento, sinto-me honrado de receber com Latifah bin Ziaten, uma defensora do diálogo interreligioso. Aceito este prémio em nome dos meus colegas das Nações Unidas que trabalham todos os dias para promover a paz e a dignidade humana", escreveu Guterres no Twitter.

Noutra mensagem, o secretário-geral da ONU anuncia que vai doar o prémio monetário de um milhão de dólares ao Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, "em apoio ao seu trabalho inestimável com os mais vulneráveis".

A marroquina Latifah, que aos 17 anos se mudou para França, fundou a "Associação Imad para os jovens e a paz", em homenagem a um dos seus cinco filhos, Imad, soldado paraquedista morto nos atentados terroristas perpetrados por Mohammed Merah em Toulouse, em 2012. Latifah decidiu fundar a associação, destinada a ajudar jovens de áreas empobrecidas, promover o secularismo e o diálogo interreligioso depois de visitar a localidade onde o assassino do filho viveu (foi morto pela polícia).

O prémio Zayed, com o nome do fundador dos Emirados Árabes Unidos, o zeque Zayed bin Sutan al Nahyan (falecido em 2014), reconhece aqueles que estão a espalhar a palavra da fraternidade humana e coexistência em redor do mundo, segundo o site oficial. Foi inspirado pelo Documento sobre a Fraternidade Humano que foi assinado pelo imã da mesquita de al-Azhar Ahmed El-Tayeb (considerado a autoridade máxima entre os muçulmanos sunitas) e o Papa Francisco em fevereiro de 2019 em Abu Dhabi.

O papa e o imã, que foram os primeiros vencedores, participam virtualmente esta quinta-feira na entrega do prémio. Os vencedores foram escolhidos por um juri de personalidades de 30 países

Mais Notícias

Outras Notícias GMG