Escolas de Nova Iorque impedidas por juiz de cumprir ordem de vacinação

Juiz admitiu uma providência cautelar contra decisão de vacinar todos os trabalhadores do maior sistema escolar dos EUA e submeteu o caso a um coletivo de três juízes, de forma expedita.

As escolas da cidade de Nova Iorque foram impedidas, provisoriamente, por um juiz federal de recurso, de cumprir um mandado para vacinar professores e outros trabalhadores, poucos dias antes da sua entrada em vigor.

A ordem para vacinar os trabalhadores do maior sistema escolar dos Estado Unidos foi dada para entrar em vigor na próxima segunda-feira.

No entanto, no final desta sexta-feira, um juiz do 2.º Tribunal de Recurso dos EUA concedeu uma providência cautelar e submeteu o caso a um coletivo de três juízes, de forma expedita.

A porta-voz do Departamento de Educação, Danielle Filson, disse que, na próxima semana, os funcionários tentarão que haja uma resolução rápida do tribunal.

"Estamos confiantes de que o nosso mandado de vacinação será cumprido, uma vez apresentados todos os factos, porque essa é a proteção que os nossos estudantes e funcionários merecem", disse Filson num e-mail.

A responsável adiantou que mais de 82% dos funcionários do departamento já foram vacinados.

Embora a maioria dos trabalhadores escolares tenha sido vacinada, os sindicatos que representam os diretores e professores da cidade de Nova Iorque advertiram que a medida poderia deixar aquele sistema escolar, de um milhão de alunos, com menos de 10.000 professores, juntamente com outros funcionários, tais como os de cafetaria e agentes da polícia escolar.

O presidente da câmara de Nova Iorque, Bill de Blasio, resistiu aos apelos para adiar a implementação do plano.

A covid-19 provocou pelo menos 4.725.638 mortes em todo o mundo, entre 230,52 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG