Encontrada morta primeira militar transexual da Coreia do Sul

Hui-su foi afastada das forças armadas sul-coreanas depois de passar por uma operação de transição de sexo na Tailândia

A primeira militar transexual da Coreia do Sul, Byun Hui-su, foi encontrada morta em sua casa esta quarta-feira, informou a agência de notícias Yonhap.

Hui-su, 23 anos, havia sido dispensada depois de passar pela operação de transição de sexo na Tailândia.

A jovem militar foi encontrada por socorristas no interior da sua casa na cidade de Cheongju, ao sul de Seul, disse a Yonhap, que citou a polícia local.

Um centro de aconselhamento local, no qual Hui-Su estava registada, informou às autoridades de emergência que não tinha notícias da militar desde 28 de fevereiro.

Hui-Su tinha manifestado esperança de continuar a desempenhar a sua profissão mesmo com o corpo de uma mulher, tendo contestado a sua dispensa na justiça sul-coreana. Para abril estava prevista uma audiência em tribunal, de acordo com uma porta-voz do grupo de defesa militar Centro para os Direitos Humanos Militares da Coreia.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG