Encontrada mais uma vítima mortal no deslizamento de terras na Noruega

O deslizamento ocorreu na aldeia de Ask, a 25 quilómetros de Oslo, no dia 30 de dezembro. Foram encontradas cinco vítimas mortais e ainda há cinco desaparecidos.

As autoridades norueguesas encontraram este domingo a quinta vítima mortal entre os destroços de um deslizamento de terras ocorrido na quarta-feira na aldeia de Ask, anunciou a polícia.

Este deslizamento de terras, o mais mortal desde 1853 e que está a chocar a Noruega, ocorreu devido à construção de habitações numa zona dominada pela argila, e onde já tinha havido alertas em 2005 para possíveis acidentes.

O deslizamento ocorreu na aldeia de Ask, a 25 quilómetros de Oslo, e as equipas de salvamento têm estado a procurar pelo menos 10 pessoas que foram dadas como desaparecidas. Nas buscas recuperaram quatro corpos, tendo encontrado hoje a quinta vítima mortal.

Num curto comunicado, a polícia norueguesa confirmou ter encontrado hoje uma vítima mortal pouco antes das 06.00, hora local.

As operações de resgate estão a ser prejudicadas pelo número limitado de horas de sol na Noruega nesta altura do ano e pelo receio de mais deslizamentos, já que o terreno continua instável e não suporta, por exemplo, o peso de um veículo militar, disseram as autoridades, citadas pela AP.

Mais de mil pessoas foram retiradas, e as autoridades dizem que até 1.500 pessoas podem ter de ser realojadas devido ao receio de mais deslizamentos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG