Egito prevê "três dias e meio" para descongestionar tráfego no Canal do Suez

Um porta-contentores encalhou no Canal do Suez e bloqueou a passagem nesta importante rota comercial mundial. Cerca de 400 navios aguardam que o tráfego marítimo seja retomado.

O tráfego marítimo no Canal do Suez, onde 400 navios aguardam passagem desde que um porta-contentores encalhou na terça-feira, deve demorar "três dias e meio" a restabelecer-se após a reabertura da passagem, disseram esta segunda-feira as autoridades.

De acordo com o responsável da autoridade do canal, o almirante Osma Rabie, "o canal vai funcionar 24 horas sobre 24 horas, imediatamente após o navio (encalhado) começar a flutuar".

O mesmo responsável disse ao canal egípcio de televisão Sadaa al-Balad que vão ser "precisos três dias e meio para os navios que estão à espera" começarem a atravessar a passagem bloqueada desde terça-feira da semana passada.

Mesmo assim, Osma Rabie não precisou quando termina a operação que decorre para afastar o porta-contentores encalhado da zona onde se encontra.

Durante a madrugada, as equipas envolvidas na operação conseguiram corrigir a orientação do navio em 80%, tendo afastado a embarcação 102 metros da margem.

Antes só tinha sido possível afastar a embarcação de grande porte quatro metros da margem onde estava encalhada.

O porta-contentores de 400 metros de comprimento e com capacidade para 224 mil toneladas de carga tem pavilhão do Panamá e é propriedade da empresa Evergreen, de Taiwan.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG