Dois mortos em tiroteio à saída de espetáculo em Miami

Segundo o relato da polícia, um carro aproximou-se do exterior da sala de concertos, quando três homens saíram do veículo e começaram a "disparar indiscriminadamente" sobre a multidão.

Duas pessoas morreram e pelo menos 20 ficaram feridas este domingo após três homens terem disparado à saída de uma sala de concertos em Miami, no estado norte-americano da Florida, informou a polícia local.

De acordo com o relato da polícia, um carro aproximou-se do exterior da sala de concertos, quando três homens saíram do veículo e começaram a "disparar indiscriminadamente" sobre a multidão que saía de um espetáculo que se realizou no local, matando duas pessoas e fazendo pelo menos 20 feridos.

O diretor do departamento de polícia do condado de Miami-Dade, Alfredo Ramírez, utilizou a sua conta na rede social Twitter para dizer que se tratou de "um ato covarde e seletivo" de violência armada, lamentando que os "assassinos a sangue frio" tenham disparado "indiscriminadamente contra a multidão".

Os feridos foram transferidos para hospitais próximos e a polícia ainda não informou a detenção de qualquer suspeito.

Um dos feridos está em estado crítico, segundo o jornal Miami Herald, que noticia que o tiroteio ocorreu 24 horas após um outro num bairro turístico de Miami, no qual uma pessoa morreu e outras seis ficaram feridas, no fim de semana de "Memorial Day", quando milhares de pessoas viajam para Miami.

Tradicionalmente, durante o fim de semana prolongado do "Memorial Day" as autoridades policiais reforçam os seus efetivos, para prevenir excessos e incidentes violentos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG