Derrame tóxico industrial na China mata oito pessoas

O derrame aconteceu quando os trabalhadores descarregavam Metilo de um veículo para uma instalação química. Outras três pessoas ficaram feridas.

Oito pessoas morreram e três ficaram feridas devido a um derrame de líquido tóxico numa fábrica na cidade de Guiyang, no sudoeste da China, de acordo com a informação divulgada este sábado pelas autoridades locais.

Segundo a informação do China National Emergency Broadcasting, citada pela agência Associated Press (AP), o derrame aconteceu quando os trabalhadores descarregavam Metilo de um veículo para uma instalação química, estando uma investigação em curso para apurar as causas do acidente.

O Metilo (methyl) é utilizado em diversos processos químicos e como inseticida, provoca irritação cutânea e pode ser tóxico se ingerido ou inalado.

O recurso de químicos na indústria pesada chinesa tem provocado, segundo a AP, acidentes mortais frequentes, centenas nos últimos anos, incluindo a morte de 78 pessoas em 2019, muitas vezes atribuídos aos fracos padrões de segurança e corrupção entre os órgãos de fiscalização.

As multas são pesadas, mas a procura económica pelo lucro supera as preocupações dos responsáveis.

Entre os piores acidentes esteve uma explosão em 2015 num depósito de produtos químicos na cidade portuária de Tianjin, que matou 173 pessoas, a maioria das quais bombeiros e polícias.

A explosão foi atribuída à construção ilegal e armazenamento inseguro de materiais voláteis.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG