Bolsonaro pede fim de protestos de camionistas que apoiam o seu Governo

Os camionistas "são nossos aliados, mas esses bloqueios prejudicam a nossa economia", disse o presidente brasileiro. Bolsonaro pediu para desobstruírem as vias bloqueadas em várias partes do país num protesto para exigir a demissão de juízes do Supremo Tribunal Federal.

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, pediu a camionistas que desobstruam as vias bloqueadas em várias partes do país num protesto para exigir a demissão de juízes do Supremo Tribunal Federal e afirmou que as paralisações prejudicam a economia.

Numa declaração áudio divulgada pelos 'media' brasileiros, Bolsonaro destacou que os bloqueios causam problemas no abastecimento de produtos e e inflação.

"Diga aos caminhoneiros [camionistas] que eles são nossos aliados, mas esses bloqueios prejudicam a nossa economia. Isso causa desabastecimento, inflação, prejudica a todos, principalmente os mais pobres", disse Bolsonaro, que na terça-feira liderou protestos em Brasília e São Paulo, em que no fez ameaças às instituições, nomeadamente do setor judiciário.

De acordo com o último boletim do Ministério dos Transportes, pouco depois da meia-noite ainda havia bloqueios totais ou parciais em pelo menos 15 dos 27 estados do país.

O bloqueio começou na terça-feira, 7 de setembro, quando Bolsonaro liderou massivas mobilizações em defesa da "liberdade" e contra o Judiciário, nos quais o Presidente mostrou que mantém a sua base de seguidores mobilizada.

O próprio Bolsonaro chegou a exortar os seus seguidores a desobedecerem a sentenças do Supremo Tribunal Federal (STF), que está a investigá-lo por espalhar notícias falsas e já levou alguns de seus aliados à prisão.

A afirmação de Bolsonaro foi repudiada por todos os partidos políticos, Congresso e o Supremo Tribunal Federal, cujo presidente, Luiz Fux, garantiu que "ninguém vai fechar" aquele tribunal e alertou que o incumprimento de sentenças judiciais é um crime que, no caso de Bolsonaro, pode levar à sua destituição.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG