Bill e Melinda Gates vão divorciar-se

Fim da relação com 27 anos é assumida pelo fundador da Microsoft e pela mulher no Twitter.

"Depois de muita reflexão e de muito termos trabalho na nossa relação, tomámos a decisão de terminar o nosso casamento. Durante os últimos 27 anos, criámos três crianças incríveis e construímos uma fundação que trabalha em todo o mundo para que todas as pessoas possam levar uma vida saudável e produtiva".

"Continuamos a partilhar a crença nessa missão e continuaremos a trabalhar juntos na fundação, mas já não acreditamos que podemos continuar a crescer como um casal na próxima fase das nossas vidas".

"Pedimos espaço e privacidade para a nossa família enquanto começamos a navegar esta nova vida".

É com este curto texto, publicado no Twitter, que Bill e Melinda Gates anunciam, esta segunda-feira, o fim do casamento com quase três décadas.

O fundador da Microsoft, um dos homens mais ricos do mundo, criou com a mulher a fundação que tem o nome dos dois, que é atualmente uma das ONG que mais investe em investigação científica em várias áreas, como o combate à malária ou o desenvolvimento de formas produção de energia.

Bill e Melinda, no texto, fazem questão de dizer que continuarão a trabalhar juntos na fundação, uma ressalva importante tendo em conta os projetos que esta está envolvida.

Este divórcio traz à memória outro recente, o de Jeff Bezos, dono da Amazon, que em abril de 2019 terminou a relação com MacKenzie Bezos, que com o isso se tornou uma das mulheres mais ricas do mundo.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG