Exclusivo Bertrand e Barnier, dois nomes à direita para tirar votos a Macron

Líder da região de Hauts-de-France já anunciou que é candidato às presidenciais de 2022, enquanto o homem que negociou o Brexit mostra-se disponível, mas não avançou ainda.

A pouco mais de um ano das presidenciais francesas, o campo da direita começa a ganhar forma. O ex-ministro e atual presidente da região de Hauts-de-France, Xavier Bertrand, pôs fim à especulação e anunciou que será candidato: "Estou completamente determinado. Dada a atual situação em França, creio que é o meu dever." E deu início à contagem decrescente para que outro dos nomes de que se fala, Michel Barnier, que liderou as negociações do Brexit no lado europeu, possa dar o mesmo passo.

Em fevereiro, Barnier criou o grupo "Patriota e Europeu" dentro do partido Os Republicanos, desencadeando os rumores de que estaria a planear, aos 70 anos, o regresso à política francesa e uma candidatura presidencial. Na quarta-feira, numa entrevista ao grupo Ebra, o homem que foi deputado durante 15 anos, ministro do Ambiente, dos Negócios Estrangeiros e da Agricultura e Pescas em governos conservadores e comissário europeu de Romano Prodi e depois Durão Barroso, disse estar "preparado" para uma campanha presidencial, sem avançar oficialmente. Deixou contudo claro que tem "o mesmo entusiasmo e indignação e a mesma força" da sua primeira campanha, para um cargo local, em 1973.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG