Autoridades travam novas tentativas de entrada de dezenas de marroquinos em Melilla

A primeira tentativa ocorreu ao início da madrugada, por volta da 1h25, com um grupo de cerca de 50 marroquinos na zona de Palma Santa, perto do posto fronteiriço de Farhana. Mais tarde, pelas 4h20, outros 20 marroquinos tentaram passar pela zona do rio Oro.

As autoridades fronteiriças de Espanha e Marrocos conseguiram travar as tentativas de entrada de 70 marroquinos pela vedação da fronteira em Melilla, segundo avançou este domingo a delegação do governo espanhol naquele território.

Naquele que é o sexto dia consecutivo de pressão sob o perímetro de Melilla, a primeira tentativa ocorreu ao início da madrugada, por volta da 01:25, com um grupo de cerca de 50 marroquinos na zona de Palma Santa, perto do posto fronteiriço de Farhana. Posteriormente, pelas 04:20, outros 20 marroquinos tentaram passar pela zona do rio Oro.

Contudo, a delegação governamental garantiu ter evitado entradas irregulares em Melilla na noite de sábado para domingo, destacando a ação da Polícia Nacional, da Guarda Civil, do Exército e da Polícia Local na zona fronteiriça, bem como a colaboração das forças de segurança marroquinas e da empresa responsável pela manutenção da vedação.

Com efeito, foi necessário reparar a vedação, colocar barreiras no riacho Farhana e no rio Oro e fechar o portão da área do cemitério para evitar entradas irregulares através destas áreas.

Esta foi já a segunda noite seguida que as autoridades impediram a entrada de migrantes no território espanhol do norte de África.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG