28 toneladas de cocaína apreendidas após polícia belga decifrar mensagens encriptadas

Serviço alfandegário belga descobriu 28 toneladas de cocaína no valor de quase 1,2 mil milhões de euros em Antuérpia

O serviço alfandegário belga descobriu 28 toneladas de cocaína no valor de quase 1,2 mil milhões de euros em Antuérpia, depois de a polícia ter decifrado comunicações enviadas por grupos criminosos, anunciaram esta segunda-feira as autoridades daquele país.

A polícia federal conduziu uma investigação de dois anos sobre o crime organizado, que envolveu 500 milhões de mensagens enviadas em aparelhos Sky ECC vendidos pela empresa canadiana Sky Global, informou a promotoria de Antuérpia em comunicado.

Um total de 27,64 toneladas de cocaína foi apreendido no porto de Antuérpia desde 20 de fevereiro, incluindo 11 toneladas encontradas num contêiner durante a madrugada de sábado.

A cocaína "pode ​​estar diretamente ligada ao caso Sky ECC", disse a promotoria.

O diretor executivo e um associado da Sky Global foram indiciados nos Estados Unidos em março por supostamente auxiliarem no contrabando de drogas.

O inquérito levou a que 48 pessoas fossem presas na Bélgica e recuperadas armas, uniformes da polícia e 1,2 milhões de euros.

As investigações espalharam-se por outros países, incluindo França, onde cinco pessoas foram acusadas no final de março por vender telefones criptografados para traficantes de drogas.

"O contrabando internacional de cocaína desempenha um grande papel nas mensagens intercetadas", refere o comunicado.

"A partir desses dados, dezenas de carregamentos de drogas foram intercetados desde 20 de fevereiro", acrescentou.

As investigações sobre as pessoas implicadas continuam.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG