Snowden fica mais três anos na Rússia

O ex-analista informático norte-americano Edward Snowden foi autorizado a permanecer por mais três anos na Rússia, onde reside há um ano, anunciou hoje o seu advogado, Anatoli Kutcherena.

Snowden, que em 2013 revelou programas secretos de espionagem em massa da Agência de Segurança Nacional (NSA) dos Estados Unidos, "obteve o direito de residência por três anos" em território russo, a contar de 01 de agosto último, disse o advogado numa conferência de imprensa em Moscovo.

O novo regime concedido a Snowden permite-lhe viajar para o estrangeiro, acrescentou o advogado.

Edward Snowden está na Rússia ao abrigo de um asilo temporário que lhe foi concedido a 01 de agosto de 2013 pelo prazo de um ano.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG