Snowden afirma ter pedido asilo no Brasil

O ex-analista informático norte-americano Edward Snowden, que em 2013 divulgou ao público vários programas secretos de espionagem dos Estados Unidos estando acusado de roubo de documentos oficiais, afirmou ter requerido asilo no Brasil.

"Adoraria viver no Brasil. De facto, eu já pedi asilo ao governo brasileiro", disse Edward Snowden, numa entrevista à Globo TV, realizada em Moscovo e transmitida este domingo.

O antigo analista encontra-se há dez meses na Rússia, mas o seu asilo temporário expira em agosto e os Estados Unidos cancelaram o seu passaporte, o que lhe deixa limitadas opções de viagem.

"Quando eu estava no aeroporto, mandei um pedido a vários países. O Brasil foi um deles. Foi um pedido formal", explicou Snowden.

"Se o Brasil me oferecer asilo, eu ficarei feliz em aceitar", afirmou o antigo técnico da Agência de Segurança Nacional (NSA).

Na altura, o governo brasileiro afirmou, porém, não ter recebido qualquer pedido formal.

Na entrevista, Snowden garante que não oferecerá documentos a nenhum país em troca de asilo, por considerar que este deve ser concedido por "razões humanitárias".

Snowden, que disse ainda ter mais revelações sobre países como o Brasil e Inglaterra, foi acusado nos Estados Unidos de espionagem e roubo de documentos oficiais.

As suas revelações sobre programas de escutas a cidadãos norte-americanos, países aliados e organizações nacionais e estrangeiras reabriram o debate sobre espionagem, segurança nacional e direito à privacidade e suscitaram tensões político-diplomáticas com vários países.

Mais Notícias