Queriam falar com o Pai Natal e ligaram para o 112

Dois irmãos, com 6 e 3 anos, agarraram no telemóvel do pai e ligaram para o número de emergência. A urgência era falar com o Pai Natal.

A história aconteceu a 23 de novembro nos Estados Unidos, onde surgem com frequência casos curiosos como este. Desta vez, foram dois irmãos, Blake e Brody, de 6 e 3 anos respetivamente, os protagonistas do estranho telefonema para o 911, o número de emergência nacional equivalente ao nosso 112.

Os dois rapazes tinham uma urgência: falar com o Pai Natal. Só que a surpresa não lhes chegou pela chaminé na noite de 24 de dezembro; a surpresa surgiu imediatamente quando a polícia lhes bateu à porta.

Os pais dos rapazes não se aperceberam de nada e só souberam da situação através de um telefonema para o telemóvel a perguntar-lhes se estava tudo bem. Mesmo assim, a polícia foi confirmar na casa da família que não havia qualquer emergência. Os miúdos é que não ganharam para o susto.

Em compensação, puderam visitar a esquadra da polícia local, onde receberam um capacete e um carro da polícia de brincar.

A mãe assume uma certa culpa no episódio, uma vez que uns dias antes haviam ligado para uma linha criada para a época natalícia, em que as crianças podem deixar os seus pedidos ao Pai Natal.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG