Queda do A320 ainda é um mistério, explosão foi descartada

Avião da Germanwings voou contra a montanha. Por estabelecer está ainda se pilotos estavam ou não conscientes

A pergunta tem sido feita desde que esta terça-feira de manhã, quando o voo 4U9525 da Germanwings caiu nos Alpes franceses, matando as 150 pessoas que iam a bordo. O que aconteceu ao A320 da companhia alemã? O Gabinete de Investigação e Análise da Aviação Civil francês (BEA), responsável pela investigação, disse ontem que neste momento ainda "não têm a menor explicação" para as causas do acidente.

"Nesta fase, claramente, não estamos em condições de ter a menor explicação ou interpretação sobre as razões que poderão ter levado este avião a descer ou as razões pelas quais não respondeu às tentativas de contacto dos controladores de tráfego aéreo", disse ontem Rémy Jouty, diretor do BEA, em conferência de imprensa.

Não querendo avançar com teorias, este responsável descartou porém já a possibilidade de o avião da companhia low cost da Lufthansa ter explodido durante o voo, pois "o avião estava a voar até ao fim".

Leia mais na edição impressa ou no epaper do DN.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG