Primeira-ministra australiana cai no memorial de Gandhi

A primeira-ministra australiana Julia Gillard voltou a ser protagonista de uma aparatosa queda perto do Memorial de Gandhi, em Nova Deli, na Índia.

Gillard, presente no país em missão de boa-vontade, não se magoou e disse de imediato que estava "bem", apesar de ter caído com a cara no chão, depois de o salto do seu sapato ter ficado preso na relva.

De acordo com o diário britânico "The Telegraph", a ministra riu-se sobre o seu pequeno acidente, e comentou com um jornalista que ele poderia não compreender ou apreciar "a logística" de usar saltos altos na relva. "Para homens que podem usar sapatos rasos todo o dia, todos os dias, se por acaso usarem um sapato de salto, este pode ficar preso na relva. E depois quando se puxa o sapato, ele não vem - e o resto foi aquilo que viram", explica Gillard, a primeira mulher a ocupar o cargo de primeira-ministra da Austrália.

Este já é, no entanto, o terceiro caso relacionado com perdas de sapatos por parte da ministra. Em Janeiro, Gillard perdeu um sapato azul de camurça durante uma demonstração aborígene, em Canberra, na Austrália. Enquanto que há apenas dois meses a ministra repetiu o acontecimento, escorregando no palco, numa cerimónia em Sidney.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG