Polícia ordena avião a voltar para trás para evitar que rapariga se junte ao Estado Islâmico

Avião já circulava numa das pistas de Heathrow quando recebeu ordem para regressar. Adolescente ia para Istambul, para depois se juntar ao EI no conflito na Síria.

A Scotland Yard impediu uma rapariga de 15 anos de se juntar ao Estado Islâmico (EI), depois de ter ordenado um avião a voltar para trás, para retirar a adolescente. A aeronave já circulava em Heathrow, aeroporto de Londres, mas não levantou voo.

"Foi uma decisão muito importante devido às perturbações que causou, mas tivemos de evitar que ela fosse [para a Síria]. Provavelmente a vida dela foi salva", salientou um fonte citada pelo London Evening Standard. Segundo o jornal britânico, esta ação da polícia aconteceu no início do mês e a jovem foi entregue à família, que não tinha conhecimento dos seus planos.

A adolescente iria para Istambul, com o objetivo de depois juntar ao EI no conflito na Síria. Já outra rapariga de 15 anos conseguiu concretizar os seus planos. O jornal refere ainda que apesar de ser um número reduzido, está a aumentar o número de adolescentes que viajam para fora do país para se juntar ao EI ou a outros grupos extremistas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG