Poderá haver mais de um milhão de infetados em janeiro

Mais de um milhão de pessoas poderão ser infetadas com ébola até janeiro, se não aumentarem os esforços para deter a doença na África Ocidental, alertou hoje o Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) norte-americano.

Numa conferência de imprensa na cidade de Atlanta, no sul dos Estados Unidos, as autoridades sanitárias explicaram que entre 550.000 e 1,4 milhões de pessoas poderão ser contagiadas nos países mais afetados, se não forem adotadas mais medidas para impedir a propagação da febre hemorrágica, cuja taxa de mortalidade é de 90 por cento.

As projeções do CDC baseiam-se num relatório elaborado em agosto último, antes de o Governo norte-americano ter aprovado o envio de 3.000 soldados para a África Ocidental, onde já morreram pelo menos 2.800 pessoas por causa do vírus do ébola.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG