Piratas informáticos entraram nos computadores da Casa Branca

A rede de computadores da Casa Branca foi invadida por piratas informáticos. A informação foi dada à administração americana por um aliado dos Estados Unidos.

Uma rede de computadores da Casa Branca, que contém os documentos não classificados do executivo presidencial, foi atacada por piratas informáticos, noticia hoje, quarta-feira, o Washington Post.

As autoridades americanas estão a investigar a falha de segurança, que segundo a BBC foi comunicada aos EUA por um país aliado.

Num comunicado citado pela AFP, a Casa Branca apenas admitiu que "alguns elementos da rede não classificada" foram atingidos.

Ainda segundo a estação britânica de televisão, as autoridades acreditam que o ataque foi perpetrado a mando de um estado estrangeiro, com a Rússia a ser um dos principais suspeitos.

O ataque agora divulgado foi descoberto há duas ou três semanas, segundo afirmou fonte da Casa Branca, sob anonimato, ao Washington Post. Foi pedido a alguns funcionários para alterarem as suas palavras-passe e houve perturbações na rotina, com alguns computadores a ficarem desligados da rede.

O caso está a ser investigado pela Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla inglesa) e pelo FBI.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG