Noivo de Louise ia no voo QZ8501 e ela acredita que vai voltar a vê-lo

Airbus 320-200 desapareceu com 162 pessoas a bordo quando ligava Surabaia a Singapura. Buscas prosseguem hoje. Famílias desesperam por notícias e meteorologia não ajuda. EUA manifestaram-se disponíveis para ajudar

"Ouvi na rádio e fui imediatamente à internet ver as notícias. O meu coração soube que o meu noivo estava naquele voo". As palavras são de Louise Sidharta, uma jovem de 25 anos com casamento marcado para maio com uma das 162 pessoas que seguiam no voo QZ8501 da AirAsia, que desapareceu na noite de sábado (hora de Lisboa) quando viajava entre a Indonésia e Singapura.

Estas seriam as últimas férias de Alain Oktavianus Siaun com a sua família, os pais e os três irmãos, antes do casamento. Louise estava em casa, pronta para ir para o aeroporto indonésio de Surabaia, apanhar um voo e encontrar-se com o noivo e a família.

Mostrando uma calma aparente, Louise aconselhou as famílias dos outros passageiros a terem esperança num desfecho feliz. "Temos de nos manter positivos e esperar que eles sejam encontrados em breve", disse aos jornalistas.

LEIA MAIS NA EDIÇÃO IMPRESSA OU NO E-PAPER DO DN:

Mais Notícias

Outras Notícias GMG