Nigella acusada de deixar filhos fumar droga

Uma das duas ex-assistentes pessoais da chef Nigella Lawson, acusadas de gastar mais de 813 mil euros no cartão de crédito da patroa, disse em tribunal que ela deixava os filhos fumar cannabis.

Obrigadas a justificar uma compra de 89 euros, numa 'free shop' em Nova Iorque, Elisabetta Grillo, respondeu que comprou cigarros para os filhos da chef.

Atacada pelo procurador, a ex-assistente defendeu-se dizendo:"se a Nigella os deixava fumar cannabis...". De acordo com a imprensa inglesa, o juiz cortou imediatamente a palavra a Elisabetta. Os filhos da chef têm agora 19 e 17 anos.

As duas irmãs, Elisabetta, 41 anos, e Francesca, 35, defenderam em tribunal que as duas tinham autorização para gastar o dinheiro que quisessem como recompensa por permitirem que Nigella usasse cocaína, outras drogas e medicação que tinha sido prescrita para o seu ex-marido.

Do outro lado, a chef garante que estas não tinham qualquer permissão para usar o cartão de crédito livremente.

As assistentes são acusadas de extorquir dinheiro à chef e apresentadora de televisão.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG